Arquivo da categoria ‘Jogo Rápido’

senhaaí você precisa reconfigurar o roteador e/ou modem… apertou o botãozinho do reset e correu procurar a senha que havia deixado anotada em algum lugar, que só Deus sabe onde… quem nunca?

Com a quantidade de modems e roteadores fornecidos pelas operadoras e/ou comprados por usuários que não tem a mínima ideia se realmente precisam daquele modelo ou se poderia ter economizado uma boa grana com um modelo mais simples, fica bem difícil para o técnico lembrar, decorar e lembrar de novo de algumas informações importantes, que possibilitam o acesso às configurações do aparelho… #PartiuConfigurar

Obs1.: Digite as informações necessárias exatamente como estão descritas aqui, ou seja, maiúsculo em maiúsculo e minúsculo em minúsculo.

Obs2: Se não tem nada na frente de “usuário” ou “senha”, eu ainda preciso explicar que você não precisa digitar nada? Espero que não né eheheh #borasenha

Roteador Wireless TP-Link TL-WR741N / TL-WR741ND

Endereço : http://192.168.0.1

Usuário: admin

Senha: admin

Modem ADSL ZTE ZXDSL 831 Series

Endereço : http://192.168.254.254

Usuário: admin

Senha: admin

Modem ADSL ZTE ZXDSL 831

Endereço : http://192.168.254.254

Usuário: ZXDSL

Senha: ZXDSL

Modem ADSL USR8550

Endereço : http://192.168.1.1

Usuário:
Senha: 12345

Modem ADSL SpeedStream 5400

IP: 192.168.254.254

Usuario: admin

Senha: admin

Modem ADSL Quick Connect 5000

IP: 10.0.0.2

Usuario: admin

Senha: admin

Modem ADSL Park Alta via614R

Gateway: 192.168.1.1

Máscara de Sub Rede: 255.255.255.0

IP: 192.168.1.3

Usuário: admin

Senha: parks

Modem ADSL NEC GreatSpeed

1 – Endereço: http://192.168.7.1/admin.htm ou http://192.168.7.105/admin.htm

2 – User Name: guest

Password: guest

Modem ADSL Ericsson HM210

IP: 192.168.1.1

Usuario: root

senha: root

Modem ADSL Dynalink RTA100

usuario: root

senha: root

Modem ADSL DSLink

192.168.1.1 ( se o modem estiver conectado ao computador via placa de rede “LAN“).

192.168.1.2 ( se o modem estiver conectado ao computador via placa”USB“).

User Name: root

Password: root

Modem ADSL D-link 500G

IP: 10.0.0.3

Usuário: admin

Senha: admin

Modem ADSL SpeedTouch™510v5/v6

Endereço: http://10.0.0.138

Usuário: Administrator

Senha:

Modem ADSL Alcatel Thomson 510V4

Endereço: http://10.0.0.138

Usuário:

Senha:

Modem ADSL alcatel speed touch pro

Usuario: guest

Senha: keycode&senh@01

Modem ADSL 4TECH – Triz TZ5500E

IP: 192.168.1.1

Usuario: admin

senha: aaaaaaaa

Well… now you need to change n file in the \Windows\System32 folder and the system says “you need permission ..” but, man! you’r the admin!!!! Let’s force the windows … go ninjas go!

Follow this:

Go to the  \Windows folder and click right button on the “System32” folder. Choose:

 – Properties
– Properties of System32, and click “Advanced “

In the “Advanced Security Settings System32”, click the owner tab and  “Edit”

In this window (with the same name) “Advanced Security Settings System32” click in “Administrators (YourAccount\Administrators)”, check the “Replace owner on sub-containers and objects” and click “Ok”.

At this point, the folder owner became the Administrator user and all accounts with the same power (including yours, of course)
Close all windows that were open until only the initial window (“Properties System32”) , and in this window, in the “Security” tab , click the “Edit”.

In the “Permissions for System32″ select the ” Administrators ( YourAccountName\Administrators)” , check the box account “Full Control” (all permissions will be marked by selecting this option) and click “Ok”
Click “Ok” from System32 Properties to finish.

Ready . Enjoy with caution full access to System32 folder .

#Edit: After doing the “fixes” above , it may be that the system doesn’t give you permission to modify specific files… to solve, just click right on the file, go to Properties – > Security – > Edit (for change permissions)… in the window that opens, click Add, enter your username and click OK in the Permissions window, click your user and check the “Full Control” box.

Bingo! Win the chicken and Badows lost control… (6)

Sorry for the poor translation

roteadorDica rápida pra quem precisa ampliar o alcance do sinal WiFi seja por qual for o motivo… aqui estou utilizando como repetidor um roteador TP-Link 150mbps modelo TL-WR720N, que supre completamente minhas necessidades…
Mãos à obra: entre na configuração do seu roteador (normalmente, o IP para acesso é o 192.168.1.1, o usuário é “admin” e a senha é “admin”, porém, varia de modelo para modelo… verifique o seu na caixa ou embaixo do aparelho).
Após o acesso às configurações, vamos aos parâmetros:

1 – Caso o seu roteador tenha o mesmo endereço de IP do modem, você vai precisar alterar o IP do roteador… caso não saiba, altere por precaução…
1.1 – Acesse a guia “LAN” e em “IP Adress” altere o número para 192.168.3.1 (deixe este número anotado em algum lugar… de preferencia em uma etiqueta no próprio roteador).
2 – Vá em Wireless e habilite a opção “Enable WDS”, para criarmos a ponte de comunicação entre o modem wifi e o roteador.
3 – Clique no botão “Search” (ou “Procurar”, conforme o caso) para localizar a rede que iremos repetir…
4 – Após selecionar a rede, automaticamente os campos SSID e MAC serão preenchidos (o seu roteador será um clone do modem após reiniciar)…
5 – Digite a senha do ponto principal no campo “Password”

Agora um dos pontos mais importantes: o DNS principal da conexão: Vamos DESABILITAR o DNS do roteador para pegar o DNS do Modem.

6 – Clique em DHCP Settings, “Disable”, Salve a configuração e clique para reiniciar o roteador.
7 – Se não tiver macumba nenhuma rodando por sua conexão, Bingo! Você ganhou um frango e uns metros a mais de alcance de seu WiFi… se tiver, cara… na boa, isso aqui funciona em todo lugar… só pra você que não rsrs

Dica: É interessante mudar o nome (SSID) do repetidor para não confundir com o ponto principal, assim, você saberá exatamente de onde está acessando, evitando confusão.

Atenção: Após aplicar esta configuração, você não terá mais acesso à configuração do roteador via IP, sendo necessário resetá-lo para acessar as configurações novamente…

ImagemAí você resolve atualizar o Sistema Operacional, instala o Win8… atualiza pro 8.1, começa a instalar os seus programas favoritos e… pouts! A maldita tela azul que acompanha os ruindows desde os primórdios surge bem no meio da tua fuça… e agora? Você não sabia que o programa que instalou não era compatível com a nova versão do seu Windows, afinal, ele funcionava no Win2000, no XP, no Vista e até no Win7!!!

Oque aconteceu?

Simples: o programa, para tentar a execução, precisa alterar alguns arquivos de sistema e, como o conteúdo dos arquivos do novo SO (sistema operacional) é diferente do conteúdo dos arquivos de sistemas antigos (assuma: o Windows7 é antigo), seu computador começa a travar e pode, inclusive apresentar a temida bluescreen of death… que fera =) 

Caso você não seja masoquista computacional (eles existem e eu ainda vou postar algo sobre eles), a correção do problema é simples… #Partiu?

Pra começar, precisamos voltar os arquivos do sistema que foram alterados após a instalação do prog conflitante para as configurações originais… #boralá?

Inicie seu Windows, vá para a área de trabalho e pressione Ctrl+Alt+Del;

Abra o Gerenciador de Tarefas, clique no menu “Arquivo” e escolha a opção “Executar nova tarefa“.

No “Executar Nova Tarefa”, usaremos o nosso bom e velho “cmd”:

Digite cmd.exe, marque a caixa “Criar esta tarefa com privilégios administrativos” e clique em Ok.

Na janela de comando (cmd) que abriu, digite:

sfc /scannow 

Note que existe um espaço entre o comando “sfc” e a opção “/scannow”, respeite isso!

Independente da velocidade de seu computador, este processo pode ser um pouco lento… acho que até dá tempo de tomar um café…

Depois da execução do comando sfc, reinicie o computador. Se os danos não foram tão problemáticos e os conflitos puderam ser resolvidos, o seu sistema deve voltar a funcionar normalmente… agora vem o passo principal:

DESINSTALE O PROGRAMA QUE CAUSOU O CONFLITO !!!! 

… para desinstalar, você pode usar o tradicional “Adicionar ou Remover Programas” do Painel de Controle ou ser mais esperto e usar o CCleanner, programa que comentei no post anterior, para desinstalar o programa…

Normalmente, conflitos que causam a bluescreen ou mesmo a blackscreen (as duas são ruins, mas a azul é apelidada de “Tela Azul da Morte”, então ela deve ser um pouco pior) são causados por programas que não são compatíveis com o sistema operacional que você está usando, ou seja, um software que roda em WinXP, não necessariamente vai funcionar no Win7… menos ainda no Win8… cuidado!

Mas se mesmo assim, você precisa muuuuuito deste programa, TALVEZ não precise procurar um outro similar (se é que o seu programa já não tem uma versão compatível com o novo SO da Microsoft)… alguns programas oferecem a opção de “compatibilidade” com versões mais antigas. Para descobrir se o seu prog tem isso, faça o seguinte:

Clique com o botão direito no instalador do programa (ou seu executável, conforme o caso)

Selecione a aba “Compatibilidade”

Marque a caixa “Executar este programa em modo de compatibilidade:”

Na lista que foi habilitada com a marcação da caixa, selecione a versão do Windows que você rodava o programa, e clique em Ok.

Agora, é só instalar (ou executar, se for só um executável) o seu programa… o Windows se encarregará de permitir alteração apenas nos arquivos necessários ao bom funcionamento do programa, eliminando baixando as probabilidades de ocorrer novamente um BlueScreen bonitinha.

#Recomendação: Procure instalar APENAS versões de programas que oferecem compatibilidade com o seu sistema operacional atual. Rodar/instalar programas em modo de compatibilidade com versões antigas do Windows pode causar algumas falhas de registro, que com o tempo tornarão seu computador lento e com alguns bugs a serem corrigidos para um correto funcionamento.

Outras dicas, em breve… tem um monte de solicitações aqui e estou filtrando as mais importantes/pedidas…

A forma mais comum de se guardar dados booleanos no MySQL é usando o tipo “bit”… Porém, ele guarda apenas 0 ou 1, sempre na forma binária… legal fazer uma inserção ou query (consulta) no gerenciador nénão? rsrs

Lendo o manual do MySQL, descobri que é possível manipular campos bit de forma textual, usando a letra b antes do valor…

Por exemplo: INSERT INTO ‘my_table'(‘id’, ‘flag’) VALUES (1,b’0′);

Para a query, some o número 0 (Zero) ao nome da coluna…

Exemplo: SELECT id, flag+0 FROM my_table;

Simples assim 😉 … mas se alguém fizer o teste também no SQL Server, da Windows,

Manual do MySQL