..: Trocando Windows por Linux :..

Publicado: 9 de novembro de 2011 em Linux
Tags:, , , , ,

Fato: 87% dos leitores não irão se interessar por este post só de ler este enunciado.

Pois é… Taí um tema extremamente complexo pra ser exposto/debatido/defendido: Trocar o Windows pelo Linux. Geralmente, a primeira coisa que vem à cabeça dos usuários Windows é: “Nem pensar! Aquele sistema é um lixo, é difícil de usar e não funciona nada!”.

Engana-se muito quem pensa assim. Desconsiderando as versões antigas do sistema operacional livre onde o usuário precisava configurar tudo à todo instante pra conseguir trabalhar de forma adequada, as novas versões do Linux podem ser uma ótima opção pra quem procura um sistema bonito, amigável e extremamente fácil de ser usado e modelado.

Dos 13% que continuaram a leitura, 7% dirão: “Papo de nerd!” e irão parar a leitura por aqui. Os 6% que restaram, no final, provavelmente terão dúvidas e/ou pesquisarão mais sobre o assunto… e vamos parar de firula e ir direto ao ponto:

Hoje em dia, as versões gráficas do Linux (como o Ubuntu, por exemplo) estão cada vez mais comuns entre os usuários de PC… e não é pra menos! Além de ser DLB (Di-grátis, Leve e Bonito),  existem programas que tornam o Linux capaz de rodar praticamente todos softwares, incluindo os jogos (yes!!) do Windows com apenas um ou dois cliques a mais.

Pra escrever com fundamentos, resolvi fazer a troca de sistemas em minha máquina. Como resultado, posso avaliar meu PC como “novo”, pois é notável o ganho de velocidade e a redução na temperatura obtida.

Assim, como qualquer pessoa, sua dúvida agora deve ser igual à minha quando fui trocar os sistemas: “Existem milhares (!!!) de distribuições Linux! Qual é a melhor pra mim?” Eu fui procurar isso em diversos fóruns, blogs e sites e em todo lugar recebia sempre a mesma resposta:

“O Linux é muito melhor que Ruíndows! Nem se compara! A melhor versão é a que mais se adapta às suas necessidades.”

Que ótimo, né? Com esse papinho idiota, eu teria que testar todas as 93 milhões de versões diferentes do Linux e ir anotando prós e contras pra no final comparar qual se adaptou melhor às minhas necessidades… Tava a ponto de abandonar a idéia e continuar com o Windows, até que por acaso passei por um post em sei lá onde falando de um tal Linux Mint… resolvi começar por ele. Baixei e rodei inicialmente como Live-CD (sim, o sistema roda direto do CD, sem precisar instalar)… achei bastante atraente e confesso, um pouco diferente do que eu imaginava… até que por algum motivo, instalei no HD, removendo meu Windows, meu Office e derivados… então, finalmente, posso falar:

O Linux é sim um excelente sistema operacional. Realmente cumpre o que promete e supre as expectativas. Você pode ter um pouco de dificuldade na utilização do OpenOffice, que é o Pacote Office grátis pra Linux, mas se usar, se acostuma facilmente. Existem excelentes programas pra edição de audio/video/fotos, bem como já disse lá em cima: melhora de processamento e temperatura. Portanto, indico de olhos fechados a versão que uso: Linux Mint 11 Katya (Download aqui)

O Mint é uma versão baseada no Ubuntu, porém, à meu ver, é muito mais bonita. A facilidade de uso e configuração é impressionante, bem como a melhora gráfica. Dá pra configurar absolutamente tudo de forma bem fácil!

Vale mesmo a pena!

Linux Mint 11 Katya Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s